Thumbnail
Relatório Anual 2019

Artigos

Os artigos desta página abordam três contextos desafiadores nos quais as equipes de MSF trabalharam em 2019 e os feitos que marcaram os 20 anos de história da Campanha de Acesso a Medicamentos.

A resposta ao Ebola na República Democrática do Congo

Por que as novas ferramentas médicas não foram plenamente eficazes?

Em agosto de 2018, as autoridades da República Democrática do Congo (RDC) declararam um surto de Ebola, que se tornou o maior da história do país. A epidemia se espalhou pelas comunidades nas províncias de Kivu do Norte e Ituri, que já haviam sido fortemente afetadas por décadas de conflito armado.

Desta vez, parecia que estávamos melhor preparados do que em surtos anteriores de Ebola; tínhamos novas ferramentas que poderiam potencialmente dar um fim mais rápido ao surto. Dra. Mercedes Tatay, secretária médica internacional de MSF, examina porque, apesar da eficácia comprovada dessas novas ferramentas, duas em cada três pessoas com Ebola morreram e o vírus continuou a se espalhar.

Leia o artigo na íntegra
MSF supports the Ebola Transit Center in Bunia
Haibata and her granddaughter in Barsalogho IDP camp

Sahel: civis encurralados em uma espiral mortal de violência

Uma crise de segurança complexa tem afetado todo o Sahel desde 2012, devido ao surgimento e à proliferação de grupos armados na região. Começando no norte do Mali e se espalhando para as regiões centrais, a crise gradualmente atingiu o norte de Burkina Faso e o oeste do Níger e está ameaçando a estabilidade de todos os outros países vizinhos.

Côme Niyongabo, coordenador-geral adjunto dos programas de MSF para o Sahel, explica o contexto complexo em que civis suportam o impacto da violência crescente.

Leia o artigo na íntegra

Menos que humanos: como as políticas da Europa prejudicam refugiados, migrantes e solicitantes de asilo

As pessoas deixam suas casas por vários motivos. Algumas estão fugindo da guerra, outras de perseguição ou de situações de dificuldade extrema. Seja qual for o motivo, geralmente compartilham de um objetivo comum, que é garantir um futuro seguro e digno. Em todo o mundo, Médicos Sem Fronteiras (MSF) assiste pessoas em movimento, respondendo às suas necessidades e vulnerabilidades relacionadas à saúde. Nossas equipes veem pessoas lutando para sobreviver não apenas a jornadas angustiantes, mas às políticas danosas e desumanas adotadas por governos que tentam a todo custo impedir a entrada de refugiados, migrantes e solicitantes de asilo.

Victoria Russell, assessora de comunicação operacional de MSF, analisa a situação sombria dos migrantes e refugiados nos Bálcãs, França, Grécia e Líbia.

Leia o artigo na íntegra
Thousands of migrants trapped ahead of Bosnian winter.
Protesters demonstrate outside Supreme Court in Pretoria, South Africa Monday March 5, 2001

Access Campaign: 20 Years of Advocacy in Action

MSF medical teams have long faced challenges in obtaining effective and affordable treatments for people in our care. In the late 1990s, as frustration mounted over people dying from treatable diseases, we began to document the problem, joining with patient groups to speak out forcefully and demand action.

In 1999, we publicly launched the Campaign for Access to Essential Medicines, now the Access Campaign, to tackle the policies, and the legal and political barriers that prevent people from accessing treatment. Michelle French, the Access Campaign’s former Senior Communications Manager, takes us through the milestones that have marked the Campaign’s 20-year history.

Read the full feature
Próximo
Médecins Sans Frontières